Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.

Instagram

  • Fim de semana incrível, natureza, surf, cachoeira e os brothers.  #habitos #natureza #nature #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #healthy #saude  #vidasaudavel #academia #bemestar #surf
  • Bora treinar!  #habitos #saude #qualidadedevida #vidasaudavel  #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #fitnessblog  #academia #bemestar
  • Fim de semana de surf! O coisa boa!  #habitos #saude #qualidadedevida #vidasaudavel  #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #fitnessblog  #surf #bemestar

Me siga!

Curta no facebook

Coisas e bens Dinheiro

Vida Financeira: 4 dicas para entender seus gastos e viver melhor

vida financeira

Organizar a vida financeira é uma atividade que poucos fazem e não faltam desculpas para isso:
Dá muito trabalho, é muito complicado, vou tomar um susto se olhar minha conta agora(!), prefiro nem ver a fatura antes, etc…
Mas, como todos temos sonhos a conquistar e sonhos já realizados para pagar, cuidar da vida financeira com qualidade é fundamental. Pensando nisto, reuni 4 dicas bastante úteis para você criar um hábito financeiro saudável e que tente tomar o mínimo do seu tempo. Vamos lá?

 

1. Entender o “aonde eu estou gastando? “

finanças
O primeiro passo é entender com quanto dinheiro e despesa você precisa lhe dar no dia a dia, e como isto se adapta ao seu estilo de vida. Sabe quando você “não sabe” para onde o dinheiro esta indo? É isto que precisamos responder.
Você vai precisar entender onde vai todos os seus gastos do mês. Faça uma planilha simples e relacione em três categorias de despesas e duas de ganhos:

 

GANHOS:
– Salários
– Outros rendimentos

 

DESPESAS:
– Despesas básicas ( saúde, contas de casa, escola, gasolina)
– Estilo de vida( restaurantes e bares, lazer em geral, viagens, estética)
– Financiamentos e dívidas ( prestação do carro, casa, empréstimos).

Agora, analise quanto sobra ( ou não) e tente comparar os custos. Exemplo: estou gastando R$200 por mês em roupas mas dizendo “não” para um cinema com os amigos para evitar gastar R$50. Enfim, tudo precisa fazer sentido na forma que você gasta, o uso do dinheiro e seu estilo de vida precisam se equilibrar.
Tempo estimado para fazer a análise: 30min à 1 hora, dependendo de quanto detalhado você será. Lembre-se de detalhar o necessário, mas não exagere ao contabilizar todos os centavos se isto for lhe tomar muito tempo.

 

2. Planejar de acordo com seus objetivos e sonhos

viagem
Feito a análise, agora é hora de pensar nos seus objetivos para os próximos anos. O que quer comprar/experimentar nos próximos meses deste ano? E no ano que vem? E em 5 anos? Qual destas “coisas” você quer se comprometer de verdade a atingir? A conta é simples, avalie quanto “por mês” você precisará guardar para conquistá-las e, depois, coloque no seu orçamento acima. Crie uma categoria chamada “sonho”, “objetivo”, ou outro nome que deseja, incluindo o custo mensal para atingí-lo. Faça as contas e veja se o saldo continua positivo. Saldo positivo ou não, não deixe de fazer a próxima tarefa.

tempo estimado: 2h. Atente-se a encontrar o preço médio no que você deseja, uma rápida pesquisa no google é capaz de estimar até o custo de um mochilão de 20 dias na Ásia ou um Sedan zero km, então, mãos à obra.

 

3.Planejar de acordo com seu estilo de vida

estilo de vida
Agora é a hora de analisar como é o seu estilo de vida e qual estilo de vida você quer ter. Baseado nos análises que fez acima, você acha que esta gastando muito ou pouco em cada área da sua vida? O que você de fato valoriza? Um exemplo é a pessoa que adora comer fora com amigos e familiares, mas nem acha tão importante andar de carro novo. Bem, basta calcular quantos jantares o IPVA e a manutenção do carro novo está consumido. E, por quê não, o inverso? Quantas jantares fora estão me impedindo de ter o carro que tanto sonho? Cada pessoa tem seus desejos e o estilo de vida que lhe fazem sentir bem e vivo. O importante aqui é você analisar isto. Qual é o estilo de vida que mais agrada e quanto faz sentido em gastar de dinheiro para mantê-lo?

 

Se você fez o trabalho acima, será capaz de responder algumas questões importantes como:
– vale a pena eu trocar de carro agora?
– preciso parar de sair tanto de balada?
– posso ir todo final de semana a um restaurante jantar?
– faz sentido eu investir em um plano de saúde mais completo?

 

Enfim, a forma com que você planeja o uso do seu dinheiro vai resultar na forma com que você mantem seu estilo de vida e nas conquistas que lhe deixam viver seus sonhos.
tempo estimado: 2h ou mais. Como é uma tarefa de reflexão intensa, vale sim gastar um bom tempo aqui, ok?

 

4. Controlar e gerenciar

gerenciar
Controlar gastos é um termo muito mal interpretado. Já se pensa em cortar e reduzir, enfim se privar do que gostaria. Mas controlar é apenas gerenciar todo este fluxo de dinheiro, cortar é opção sua caso seja necessário. A questão do controle está em identificar rotineiramente se será preciso de fato cortar algo. Afinal, se você vê, você pode agir.

O problema neste controle está mesmo no trabalhão que dá ficar monitorando e anotando todas as compras que se faz. Tem gente que usa uma planilha para incluir todos os gastos, outros somente o caderno e ainda há quem não anote nada.

Pensando em um mundo ideal entre a quantidade de trabalho que dá atualizar e o controle que quer sobre o orçamento, um caminho interessante é apostar no uso de apps. Há muitos que poupam um grande trabalho e são bastante eficientes para nos mostrar para onde cada centavo foi.

Estou usando um muito interessante chamado GuiaBolso, tem um post sobre ele aqui.

 

Também já utilizei o Organizze que é muito bom também.
Enfim, a sugestão é a experimentação. Teste, teste e teste, quantas técnicas e sistemas precisar. O importante é que não tem dê muito trabalho e que te ajude a controlar seu orçamento.
tempo estimado: 30min a 1h, dependendo do sistema.

 

 

E para quem de jeito nenhum consegue usar as dicas acima e continua perdido no mar de contas, sugiro a busca de uma pessoa qualificada para lhe ajudar, ok? Pode valer a pena. Pense em quanto os hábitos financeiros interferem na nossa qualidade de vida e saberá o valor de cuidar bem deles.

 

Comente se usa técnicas diferentes e até a próxima.
Melhores hábitos.


Comentários

comments

Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.