Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.

Instagram

  • A corrida em jejum valeu a pena hoje. Só um #bulletproofcoffee e rua! Estava cansado de ontem, mas é ótimo seguir com os treinos, independentemente de qualquer coisa. Esse é um mindset que você leva para todos os aspectos da vida. Tem um bom livro sobre isso chamado Garra ( Angela Duckworth). Um trecho: “ descobri que se você cria uma visão para si mesmo e não se afasta dela, torna-se capaz de realizar coisas extraordinárias na vida. Segundo minha experiência, depois que você cria essa visão clara, são a disciplina e o esforço empregados para mantê-la que fazem com que tudo aconteça. As duas coisas andam de mãos dadas. Só de criar essa visão você já está no caminho certo, mas é a diligência com que você se apega a ela que lhe permite chegar aonde deseja. “. #habitossaudaveis #inspiração #treino #fitness #goodvibes #corrida#nikerunclub #vidasaudavel #bemestar
  • Reflexão do dia. Compartilhe. 😉 #habitossaudaveis #treino #inspiração #fitness #goodvibes #corrida #frases #frasesinspiradoras #frasesepensamentos #vidasaudavel
  • Faz uma semana comecei a praticar ioga pelas manhãs, ainda meio desequilibrado tentando acertar as posturas mas já feliz com a prática. São 20min de atividade física e, ao mesmo tempo, um bom momento de relaxamento. Para quem não sabe nada como eu, estou usando o app Nike training, é excelente! #goodvibes #ioga #inspiração #vidasaudavel #vidasimples #habitossaudaveis #fitness #motivação #dicas #treinoemcasa

Me siga!

Curta no facebook

Produtividade e Tempo Relacionamento Trabalho

Por que e como ser mais pontual

pontual

Quando nós estamos indo para algum compromisso ou encontro com hora marcada há uma dificuldade, eu diria sobrenatural, de simplesmente chegar na hora. Alguns especulam que 10 mim de atraso é “normal” e então já programam toda sua rotina considerando estes acréscimos.

Mas pode ser pior, quem sabe 1h ou 2h de atraso também seja aceitável para algum aniversário, evento, etc. E então, com a repetição constante deste comportamento, acontece o efeito “antecipador de atrasos”, que é quando as pessoas marcam os compromissos algumas horas antes do começo real pois já contam que todos vão se atrasar mesmo. Buffets ficam vazios, carros ligados ficam na rua esperando e reuniões ficam com aquelas conversas fiadas dos poucos pingados que chegaram.

O problema mesmo é que quem está esperando nunca fica feliz. Afinal, poderia estar fazendo alguma outra coisa e nem mesmo os apps mais legais satisfazem este momento de impaciência.  A flexibilidade em relação aos atrasos é praticamente ensinada a cada atraso e acaba por contaminar todo mundo.

Ser pontual é uma questão cultural

chá de cadeira

O psicólogo Robert Levine conduziu um estudo em 31 países para identificar a relação das pessoas com o tempo.  Em um trecho do seu livro A Geografia do Tempo ele cita: “Para os brasileiros, as pessoas que estão sempre atrasadas para seus compromissos são aquelas bem-sucedidas, e isso é um fato. Pessoas importantes mantêm seus subalternos esperando. Não que a falta de pontualidade seja a causa do sucesso, mas uma consequência. A falta de pontualidade é uma prova de suas conquistas.” Isto me lembra bastante aquela expressão “Chá de cadeira” e quantas vezes já bebi disto.

Segundo Levine, vários fatores influenciam a relação das pessoas com a pontualidade, entre eles o desenvolvimento do país que vive e a cultura do individualismo presente. Encontramos países onde a máxima “tempo é dinheiro” fala mais alto e outros lugares, como em algumas regiões da Argélia, que a pressa é considerada falta de decoro. Já os mexicanos distinguem a “hora inglesa” (precisa) da “hora mexicana” (despreocupada).  O Brasil ficou entre os países mais lentos em relação ao tempo em comparação com os mais rápidos, Suíça e Irlanda.

Nós precisamos entender nossa cultura para entender o comportamento das pessoas, mas não significa que precisamos fazer valer a regra e perpetuar o atraso como valor nacional.

 

POR QUE CHEGAR NA HORA?

Por respeito ao próximo. Chegar na hora a um compromisso é sempre prezar pelo tempo da outra pessoa. Mesmo que culturalmente ela entenda seu atraso, ficar esperando alguém não vai deixar de ser algo chato.  Valorizando o tempo dos outros você deixa o recado para que valorizem o seu tempo.

Por aumentar a confiança que passa aos outros. Alguém que chega na hora, que cumpre seus compromissos acordados é alguém que você saber que “pode contar”.

 

COMO MELHORAR ESTE HÁBITO?

pontual

–  Prepare-se. Se esforce para chegar sempre 5 min ou 10 min antes, assim caso ocorra qualquer problema você tem uma pequena folga. Faça disto uma rotina sempre que possível.

Valorize o tempo da outra pessoa. Lembre-se que mesmo que a pessoa possa entender seu atraso, devido a mil coisas que possam ter acontecido, vai continuar sendo um momento em que ela poderia estar fazendo outra coisa ao invés de lhe aguardar.

Comunique. Conhecendo a cultura Brasileira e para não correr riscos de chegar em um evento vazio, certifique-se com a pessoa que está lhe convidando qual hora começa de fato o evento ou encontro e deixe claro que será pontual.

 

Ser pontual pode fazer a diferença em seus relacionamentos. Comente abaixo se você tem problemas com pontualidade ou se alguém costuma lhe dar aquele chá de banco.

Melhores hábitos!

 


Comentários

comments

Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.