Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.

Instagram

  • Fim de semana incrível, natureza, surf, cachoeira e os brothers.  #habitos #natureza #nature #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #healthy #saude  #vidasaudavel #academia #bemestar #surf
  • Bora treinar!  #habitos #saude #qualidadedevida #vidasaudavel  #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #fitnessblog  #academia #bemestar
  • Fim de semana de surf! O coisa boa!  #habitos #saude #qualidadedevida #vidasaudavel  #photooftheday #amazing #selfie #cool #foco #motivação #determinação #fitness #fitnessblog  #surf #bemestar

Me siga!

Curta no facebook

Produtividade e Tempo Trabalho

5 dicas para preparar melhor sua rotina diária, desde a noite anterior

rotina diária

Prevenir é  melhor que remediar, diz a frase a favor do bom planejamento. Mas a frase por si só funciona como aquele conselho  de mãe que, aparentemente,  insistimos  em contrariar. Planejar sua rotina e se preparar com antecedência para os imprevistos do seu dia traz benefícios incontestáveis em  sua saúde, produtividade e bem estar. Certamente  sua mãe  deve concordar  comigo.
Vários de meus amigos já implementaram alguma ideia para preparar melhor sua rotina,  desde planejando o café da manhã ou até separando a roupa do dia seguinte. Acredito que por que todo mundo já deve ter vivenciado muitas dificuldades matinais, como stress por não encontrar algo e atrasos por esquecer compromissos, as pessoas acabam naturalmente desenvolvendo seus próprios hacks para melhorar sua rotina. Eu tenho os meus, mas busquei estudar nos últimos meses onde eu poderia fazer ainda melhor e, sem surpresas, havia muito espaço para organizar e planejar meus dias com mais qualidade.

 

O problema

Fazer as coisas do dia a dia confiando só na sua capacidade de memorizar compromissos e dependendo da sua igual capacidade de organizar espaços, como o guarda-roupa, cozinha, etc, deixa tudo, eu diria de forma politicamente correta,  mais desafiante.  A verdade é que ficamos muitas vezes perdidos no meio dos compromissos e tarefas, gerando ansiedade, sentimento de confusão mental, atrasos a compromissos e esquecimentos de coisas importantes.  Que hora que eu tinha que estar lá mesmo? Esta chovendo e agora? Cade minha meia esquerda?

 

Planejamento em excesso = vida chata

Já ouvi diversas vezes que planejar demais deixa tudo muito chato. Amigo, chato mesmo é perder a hora, e junto com ela a chave, tomar chuva –  há tempos prevista pelo celular e também pela Maju-  e ir pro trabalho sem a meia esquerda.

 

Se  a pessoa não planeja um pingo que seja e sente-se bem assim, sem stress, sem atrasos, sem desorganização:  10 pra ela! Sou obrigado a admitir que minha vida deve ser mais chata que a dela, inclusive.  Contudo, estas histórias residem muito mais como uma barreira lutando a favor da preguiça, uma muleta brigando – enrustida -pela procrastinação.  E, naturalmente como é de se esperar de toda barreira e muleta , podem te atrasar um pouquinho.

 

Acredito que devemos mirar sempre o custo-benefício do tempo que gastamos planejando e assim encontrar um equilíbrio para que, afinal, a vida fique menos chata. Pergunto a você, o que é mais chato: gastar 15 minutos organizando seu próximo dia hoje a noite, tranquilo e sem interrupções, ou gastar 15 minutos de manhã procurando a chave do carro, buzinando no trânsito porque esta atrasado e ficar minutos parado em pé com aquela cruel dúvida sobre a roupa ideal para vestir?

 

Dicas para melhorar a rotina diária

Através da construção de hábitos intuitivos e eficientes você pode minimizar bastante  o estresse pela desorganização, atrasos e falta de controle. Vamos a algumas dicas que eu venho testando nos últimos meses.

 

 

– Escolher as roupas com antecedência

rotina diaria

Esta parte é fundamental para quem tem compromissos pela manhã, como ir ao trabalho ou evento por exemplo, mas continua importante para qualquer dia que seja. Há duas coisas fundamentais a se pensar antes de avaliar a roupa e, por isto, fazê-lo à noite é muito mais vantajoso. Primeiro, quais compromissos você irá ter. Seja um dia de trabalho ou uma corrida no parque, ou uma corrida no parque seguida de um dia no trabalho, as roupas precisam ser muitas vezes garimpadas pela casa e uma mala precisa ser feita. Mais compromissos no dia, mais roupas diferentes, mais tempo economizado se fizer tudo de uma única vez. O segundo ponto fundamental é o clima. Uma rápida olhada em seu celular ou busca pelo Google já te traz esta rica informação sobre a temperatura do dia seguinte e as condições de chuva, este tipo de informação vai tirar o “elemento surpresa” do céu de cada manhã e vai diminuir aquela terrível sensação quando você percebe que, sim, errou a roupa.

 

– Preparar-se para o café da manhã

alimentação saudável

Como este item é bem difícil de esquecer, já que o estômago nos manda diversas e devidas notificações, a maioria das pessoas já criou sua própria rotina de alimentação matinal: come na padoca no meio do caminho, busca pão na padaria ali no quarteirão de cima, compra na rua e come no trabalho, e tal e coisa.  A dica é buscar otimizar isto, ou simplesmente dar mais tempo para a alimentação. Comer rápido demais pode fazer mal, com uma má mastigação dos alimentos o processo digestivo fica prejudicado.
Garanta que os ingredientes estejam sempre à mão para preparar o café rapidamente pela manhã e, se decidiu, comer por aí fora, programe um tempo adequado para isto. Só não vale falar que não tem tempo para o café. Eu não quero acabar com seus sonhos mas basta acordar um pouquinho mais cedo, certo?

 

– Decidir a hora de dormir e acordar

rotina diaria

Falando em acordar mais cedo isto nos leva ao passo importante que é a hora de dormir. É muito automático para as pessoas colocarem um horário para acordar, o despertador é um ser bastante conhecido desde a infância, hora em forma de mãe, hora em forma de Galaxy. No entanto, colocar um horário para dormir fica mais no campo do subjetivo: tá tarde, tá cedo, só mais este vídeo e vou pra cama, prometo!  
O hack mais simples é tentar buscar bater sua meta de sono, sejam 7 ou 9 horas ( tem um texto legal sobre sono aqui), colocando alarmes para despertar a noite  e pela manhã. Por exemplo, se você precisa dormir 8 horas e acredita que precisa acordar às 7h da manhã para ter uma boa rotina, coloque um despertador 22h3o te informando que é hora de ir para cama. Assim  ainda possuí 30 minutos disponíveis para cair no sono e tem tudo para começar bem o próximo dia.

 

– Organizar seus objetos importantes

Acredito que há certos objetos que insistem em se perder por aí, como que de propósito, para irritar seu dono e talvez sentir-se mais importante. Não faltam  histórias de desaparecimentos da chave do carro, da carteira, do controle do portão, do cartão e crachá de qualquer catraca. É sério, só pode ser de propósito. No entanto, Daniel Levitin explica com mais base científica em seu livro Mente Organizada: nossa atenção é recurso limitado e acabamos vivenciando boa parte do mundo no piloto automático. Um exemplo, nossa capacidade de atenção pode ser suficiente para dirigir e conversar com  alguém ao lado, mas se estamos buscando um determinado endereço instintivamente abaixamos o volume do rádio.

Para minimizar estes esquecimentos, há uma dica bastante simples: deixe SEMPRE seus objetos no MESMO LUGAR. Se este “lugar” não existe, crie um. Por exemplo, a chave da casa pode ter uma pequena mesinha ou prateleira que servirá com prioridade total a ser a “prateleira da chave da casa”. Seguindo a mesma linha, você pode ter o “o compartimento da bolsa para o crachá da catraca” ou “o porta luvas para o fone de ouvido da academia” e assim vai.

Nomear oficialmente estes lugares, os relacionando a seus objetos, vai te poupar muito esforço mental para se lembrar e menos ainda para decidir onde vai guardar tal coisa. Falamos sobre o fadiga de decisão neste post aqui.

 

 

– Decidir caminho e meio escolhido

google maps

Supondo que você já decidiu a roupa, o café da manhã, dormiu devidamente bem e não perdeu nenhum de seus objetos importantes, ainda falta decidir uma coisa: onde e como eu vou?

Assim como a roupa, o fator climático tem grande impacto neste ponto, já que muita gente muda seu meio de locomoção se está chovendo, ou em um calor excessivo. Então, a dica é mesma, avalie como será o dia posterior em seu smartphone.

Um outro ponto a se considerar é o caminho escolhido para o local que vai. Com as tecnologias atuais é muito fácil você analisar o mapa, o tempo médio para se chegar a um destino e até ver a foto da rua. Isto vai facilitar muito no seu deslocamento e na hora de identificar o local. Se o caminho é frequente e já faz parte de sua rotina, vale também investigar se saindo mais cedo ou mais tarde pode-se levar menos tempo nesta locomoção. Menos tempo na locomoção, pode ser mais tempo no café da manhã ou uns minutinhos de sono a mais, por exemplo.

Ainda há a escolha dos modais de transporte, para quem tem mais opções à mão. Seja de carro, metrô, bike ou a pé, decidir isto nos 48 do segundo tempo ( leia-se 6h da manhã) é tarde demais. Uma vez escolhido um meio de transporte que não dê certo ( leia-se atraso) você vai se culpar por todo o caminho. Avalie no dia anterior seguindo as dicas acima e poupe-se desta decisão logo cedo.

 

Com algumas mudanças na sua noite anterior você com certeza conseguirá melhorar sua preparação e uma rotina menos estressante. O negócio é  desenvolver o mindset de que planejar é  importante e que, através da construção de hábitos, pode ser um comportamento intuitivo capaz de trazer mais qualidade para sua vida. Basta começar  uma mudança  por vez. Esta preparado?
Até  a próxima  e Melhores Hábitos.


Comentários

comments

Sobre o Autor

Felippe Alves

Minha rotina de inspiração para ser mais saudável, criativo e sair constantemente da zona de conforto.